sexta-feira, 15 de março de 2013

Comida



Aqui onde eu moro (Trondelag) é costume encher a barriga das pessoas que te visitam. Aqui não tem nada pra fazer, então as pessoas se visitam.


Visitas de 4 horas sabe? Aí você entope as pessoas com café ruim, (eles gostam do café ruim) biscoitos, bolo etc. O que mais rola na casa das pessoas que agente visita são bolos, biscoitos e lefse (tudo devidamente industrializado comprado no supermercado!!!!!!)




E VIVA O CACHORRO QUENTE!

 Esse Lefse consiste numa paqueca feita de batata que eles usam tanto pra comer com salsicha (isso é o típico cachorro quente norueguês, que é a base da alimentacão de um norueguês da gema), ou na versão doce, que é o caso da "comida de visita". A versão doce é normalmente essa panqueca recheada com manteiga, acúcar e canela, as vezes romme também (creme azedo). Já ouvi dizer que rola Lefse recheado com macã assada, mas nunca tive a sorte de encontrar isso não.


Aqui a cara dele:


As vezes tem waffler também, que eles comem com creme azedo e geléia, ou queijo marrom (um queijo meio doce, lembra doce de leite, mas é também azedo. difícil de explicar), ou queijo normal (norvegia).

Isso tudo parece super legal né? Mas... alguém sabe dizer porque não servem as coisas QUENTES?

Tudo bem que aqui é frio, é difícil de conservar waffler quente se você está num evento ao ar livre etc e tal. Mas.... tá dentro de casa, mermão: esquenta as coisas que fica tudo tão mais gostoso! 

A alimentacão típica do norueguês consiste em pão no café da manhã com diferentes "påleg" (coisas de botar no pão). Presunto, queijo, geléia, nutella, sardinha, patê,salmão etc etc
ps: as combinacões não variam NUNCA! Se você for comer sua fatia de pão com patê, você deve colocar uma rodela de pikles em cima. Se for ovo cozido, tem que ser caviar em cima. Se for salmão, tem que ser com ovo frito ou mexido....etc etc

Uma vez meu marido me chamou de excêntrica porque fiz um sanduíche de patê com queijo!
E bolo de cenoura com cobertura de chocolate? HERESIA! Bolo de cenoura TEM QUE ter cobertura de cream cheese! 

Eu devo assustar minhas visitas. Uma vez fiz bolo de laranja. (uau! que exótico!) Acho que eles nunca devem ter imaginado que existe bolo de laranja no mundo.

Bom, aí, de almoco eles comem.... pãozinho de novo!
Eles comem seus pãezinhos abertos com a fatia de påleg por cima, assim aberto:

Esse almoco eles levam pro trabalho ou pra escola e chamam de mattpakke. (pacote de comida)
Adivinha se o mattpakke é quente ou frio? Friiiiio.

Como a maioria do pessoal sai do trabalho as 15, o jantar é normalmente servido entre 16 e 18. Aí sim, vai ser alguma coisa quente, até que enfim! 

Eles comem MUITA salsicha, kjottkaker (bolo de carne, que parece uma almondega meio amassada, e cujos acompanhamentos serão SEMPRE molho marrom que vem em pacotinho industrializado e você mistura água e pronto, batata cozida e purê de ervilha), almôndegas, ou essas mesmas coisas versão peixe. 

Almondega de peixe e bolinhos de peixe. Mas no caso do peixe, o molho usado vai ser branco. (tambem comprado em pozinho e misturado com água ou leite).

Bom, essas são as comidas do dia a dia (que gracas a Deus, meu marido não sente falta) Eu costumo fazer peixe de verdade (ser ser processado em formato de almondegas), carne de porco (que não é tão absurdamente cara), e tento catar os vegetais que tem gosto de alguma coisa.

Descobri que a melhor carne de boi que tem aqui é chamada langtidsmørnet (é o método de estocagem, parece que essa carne fica "apodrecendo mais tempo") e como precisa de uma refrigeracão especial, ela é bem mais cara. Mas é a única carne que lembra carne brasileira.

A carne normal até dá pra comer, mas tem que fazer um picadinho, carregado no tempero, pra esconder o gosto da carne. 

Ahn, de noite tem o tal do kveldsmat, que consiste num.... pãozinho! 
E as criancas costumam comer esse pãozinho da noite com nutella em cima. Sim, aquele creme de chocolate e avelãs. Saudável né?


As comidas de festa:

As comidas festivas são bem ok, tem esse Fårikal, que é carne de carneiro cozida com repolho e batata, (acho que é na primavera que eles comem isso).

É muito engracado como eles seguem as regras do quê se come quando. 

Mas realmente os supermercados fazem umas super ofertas sensacionais na época disso ou na época daquilo.

 Aí acaba que você segue a onda mesmo.

No Natal tem pinnekjott, que lembra carne seca. 

Tanto Fårikal como pinnekjott são mega gordurosos e o preparo se resume a tacar tudo na panela e deixar cozinhar durante X horas. Não tem grandes esmeros e segredos não.

O tal do lutefisk é que até hoje eu não experimentei. Minha família aqui não gosta, então nunca tive a oportunidade.

Nas festas oficiais (17 de maio, funerais, casamentos, crisma etc) é de praxe oferecer kransekake, que é uma pilha de biscoitos em formato de anéis. Dizem que é feito de amêndoa e clara de ovos, tipo macarron. Sinceramente nos que eu comi a amêndoa passou longe. Mas... mais uma vez, o "normal" é comprar esse lance pronto. Ou seja, a qualidade deve dar uma caída:


Pra finalizar: a felicidade da galera, tanto criancas como adultos... se entopem de doces industrializados aos sábados:

Compram a granel, colocam num saquinho um pouco disso, um pouco daquilo... e se entopem desses negócios (não sei do que são feitos esses negócios) coloridos junto com coca cola e batas fritas de pacote, junto com um chocolatinho.


Foi mal, hoje eu tô má.

Mas arroz feijão e bife tá dando de mil a zero nessa "alimentacão de primeiro mundo" aqui da Noruega nénão?

20 comentários:

  1. Oi Glenda! rsrs Td bem?!
    Esse seu post é bem interessante mesmo. rsrs Os noruegueses não sabem comer. rsrs Isso é um fato! A tal lefse doce, de vez em qdo eu compro no mercado. Já o waffle, além de comer aqui, como na casa da sogra. mas ela faz com um outro tipo de farinha que deixa ele duro. rsrs Que na minha opinião, a versão é até melhor que o que a gente está acostumada. rsrsrs O cachorro quente deles só Jesus! rsrsrsrs Eu gosto do Kransekake com sorvete. rsrsrs Doida, né?! Desses peixes estranhos, provei o Lutefisk e o Rakfisk. Provei num Cruzeiro q fizemos no Natal, pq meu marido não come essas coisas. rsrsrsrs Eu só cozinho comida brasileira aqui em casa, faco as sobremesas brasileiras aqui e o povo fica espantado. rsrsrs O nosso bolo fofinho já motivo de espanto pra eles. rsrsrsrs NUNCA tinham comido um bolo TÃO fofo. Pavê de maracujá, torta de limão, RABANADA... rsrsrsrs O povo come e pede bis! rsrsrsrs
    Beijoooo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Priscila!
      Tem muita coisa que eu gosto, mas acho os horarios de comer meio estranhos (acaba que eu nunca escovo os dentes depois do "almoco". Acho que eu nao computo esse pao como sendo almoco), e as coisas que eles acham superboas eu nao dou bola. Tipo esse waffle mole E FRIO!
      Talvez eu tambem goste mais do da sua sogra! è crocante? :D
      Me chama!
      Beijos!

      Excluir
    2. Chamo sim! rsrsrs Mas ela só faz esse waffle croncante no Natal. :-( Pode um negócio desses?!

      Excluir
  2. Gostei muito do post, achei bem curioso a "variedade" (ou não!) e a rigidez em ter que ser em tal época ou com tal recheio! hehehe
    Sou bem aberta na parte alimentar, mas confesso que quase nenhuma destas opções me deixou muito animada não! (ainda mais frio, tb acho que quentinho saído do forno ou pãozinho tostado é sempre melhor!)
    Beijo, e fica o convite para escrever lá para o meu blog ( www.flashesdeviagem.com.br )
    até!

    ResponderExcluir
  3. :D
    esse dia eu estava muito mà.
    mas realmente a comida è meio chata sim.
    dificil entender porque. pois tem muito peixe, bom bonito e barato por aqui. Falta um pouquinho de criatividade, sei la.

    ResponderExcluir
  4. Olá! Moro em Estocolmo e adorei a forma como você escreve. Vi algumas semelhanças e também diferenças, embora os países sejam vizinhos. Espero que você volte a escrever e compartilhar essas curiosidades. É uma leitura agradável!
    Abraços,
    Cintia Anira

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Cìntia :)
      Ja tinha esquecido desse blogue.
      Obrigada por comentar. Dà um gàs pra escrever quando sei que alguem està lendo
      :D

      Excluir
  5. Glenda, farikål é no outono e o motivo das carnes terem época do ano tem a ver com a própria natureza. As ovelhas engordam durante o verão e são abatidas no outono. Amo farikål!

    ResponderExcluir
  6. è... acho que alguem ate ja tinha me corrigido e eu ate hoje nao consertei a postagem :P
    Tambem gosto muito. Acho que è o melhor jeito de comer ovelha. (que eu ja provei, pelo menos)
    Mas eu tiro todas as pelancas.
    (a fresca)
    Sabe que eu nunca me liguei em estacao do ano? nao sei se eu tenho algum pobRema, mas no brasil eu separava o ano em "quente" e "nao tao quente". Estou prestando atencao em estacao depois de vir morar aqui.

    ResponderExcluir
  7. Os noruegueses sabem comer sim, do jeito deles. É cultura Vinking e não" romana" na qual estamos mais acostumados. Tem coisas aí que tenho vontade provar, seja doce e salgado.

    ResponderExcluir
  8. Oi Glenda, o que surpreende este carioca é que você em nenhum momento mencionou um prato de bacalhau e cresci ouvindo que "o bacalhau da noruega.....".
    Vou passar uns dias aí na Noruega em setembro e me apavora essa quantidade de comida industrializada que vc mencionou.
    Escreva mais quando tiver tempo.
    abs
    Eduardo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. aqui rola muito bacalhau fresco (torsk). o bacalhau seco se chama klipfisk, è um negocio meio iguaria pois da trabalho pra fazer.
      e o jeito que eles comem o klipfisk aqui è a espanhola: cheio de molho de tomate, pimentao e cebola (se chama bacalao).
      eu prefiro mil vezes a portuguesa: fritinho no azeite alho salsinha....
      olha: pra comer fora tem que ter uma grana viu?
      mas a parte boa e que se voce for pobre, voce vai ao supermercado e compra uns piqueniques e ta tudo certo. ninguem vai achar nada de voce estar sentado na praca comendo sua farofa.
      boa viagem!

      Excluir
  9. Olá Glenda, adorei seu blog, mas preciso de umas dicas , vou receber Noruegueses em minha casa no Brasil, o que posso oferecer de alimentos para eles?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. obrigada ana maria.
      cara.... eu imagino que a pessoa que viaja ta afim de conhecer as coisas locais ne? eu faria arroz feijao e bife.
      po.... BIFE cara... nada mais sofisticado que um bife prum noruegues. sabe quanto custa o quilo do file mignon aqui? tipo cem reais no minimo.
      ahn! farofa tambem acho super folclorico!

      Excluir
  10. A matéria estava ótima até você cagar pelas mãos quando escreveu a seguinte pérola: Foi mal, hoje eu tô má.

    Mas arroz feijão e bife tá dando de mil a zero nessa "alimentacão de primeiro mundo" aqui da Noruega nénão?
    Agora eu me pergunto, o que uma diaba igual a você vai fazer em um país de primeiro mundo como a Noruega? o que diabos deu na sua cabeça de ir em um país que fica na pqp só pra você falar mal da culinária e querer fazer brasileirices lá? você é louca por acaso? O brasileiro faz merda em qualquer lugar que ele pisa, essa mente pequena do arroz e feijão, a humildade imaginária que você e o povo tem são as aspirações do brasileiro burro, sem cultura e ignorante!
    E nem perca seu tempo me respondendo porque eu não discuto com pessoas desprovidas de respeito e cultura!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tava demorando a aparecer algum sabidao por aqui!
      Por essas e por outras nao da muito tesao em continuar a escrever blogues.
      maiores esclarecimentos: estou "te" respondedno so pra ficar registrada aqui a prova da sua enorme cultura e respeito :)
      E nem adianta me responder porque o blog è meu e eu publico o que eu quiser ok?
      :D

      Excluir
  11. Amei seus comentários. Pretendo conhecer o local em 2017 e suas dicas foram valiosas. Obrigada. Bjs

    ResponderExcluir
  12. Gostei das suas palavras. Tava lendo um pouco sobre a Noruega e como não tinha visto sobre comida, vi seu blog.
    To aqui chocada com o tanto de industrializados que eles comem.. rsrs. Falou a brasileira que come agrotóxicos..rsrs
    Continue seu blog, lerei sempre.. faça uma página no Facebook. ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Cihh, realmente o Brasil e meio campeão em agrotóxicos mas não sei muito bem se a coisa por aqui anda muito melhor não. Beleza, da pra comprar orgânicos com um preco não tao exorbitantemente diferente do que tem no BR, mas não tem muita informação sobre os produtos "normais". Vem tudo de fora, não sei se rola de ter um controle bom. Acho que compram baseado na beleza. As frutas e verduras sao lindas mas não tem gosto de nada. Salvo o pepino e repolho. Cogumelos. Algumas tangerinas e nectarinas. O resto so como pela cenografia :DDD
      Poxa, não faco ma pagina no FB porque tenho preguica de aturara as malas. VC não tem nocao da quantidade de babaca que vem aqui me falar desaforo. imagina se fosse no FB....
      Nem aqui eu escrevo mais.
      Legal ler comemtarios nromais tipo o seu :D
      Obrigada e legal que voce tirou algum proveito das minhas abobrinhas.
      Com o perdao do trocadilho.

      Excluir